Vendas e Informações: (51) 99630-1066 | (51) 3028-0077
Av. Protásio Alves, 4412 - Porto Alegre/RS
Av. Protásio Alves, 4412 - Porto Alegre/RS

ELITE 125

Simular Consórcio

CG 160 START

Simular Consórcio

CG 160 FAN ESDI

Simular Consórcio

CG 160 TITAN EX

Simular Consórcio

NXR160 BROS ESDD

Simular Consórcio

CB 250F TWISTER CBS

Simular Consórcio

CB TWISTER 250 - ABS

Simular Consórcio

XRE 300 ABS

Simular Consórcio

CB500F ABS

Simular Consórcio

CB 500X ABS

Simular Consórcio

NC 750X ABS

Simular Consórcio

CRF 1000L AFRICA TWIN

Simular Consórcio



Presente no mercado desde 1981, a Administradora de Consórcio Honda é referência no país. Alia a tranquilidade e segurança do modelo de consórcio a uma moderna estrutura de administração de uma empresa líder no segmento de consórcio.

Com forte tradição e reputação no segmento, já comercializou mais de 14.5 milhões de cotas e entregou mais de 5 milhões de motocicletas Honda zero-quilômetro.

Fatores como a agilidade na formação dos grupos, prazos flexíveis e uma das taxas de administração mais competitivas do mercado, fazem o sucesso do Consórcio Honda.

Administradora de Consórcio Nacional Honda Ltda. - CNPJ: 45.441.789/0001-54 Avenida Senador Roberto Simonsen, 304 - Santo Antônio - São Caetano do Sul/SP - CEP: 09530-401.


Sobre o Consórcio


O que é o Consórcio?
Consórcio é a reunião de pessoas físicas e jurídicas em grupo, com prazo de duração e número de cotas previamente determinados, promovida por Administradora de Consórcio, com a finalidade de propiciar a seus integrantes, de forma igualitária, a aquisição de bens ou serviços, por meio de autofinanciamento.
O que é um Grupo de Consórcio?
É a reunião de participantes em um grupo fechado, com o objetivo de possibilitar a cada consorciado, através da contribuição de todos, o recebimento do crédito referente a um bem ou conjunto de bens.
Quem é responsável pelo regulamento do Consórcio?
A normatização, coordenação, supervisão, fiscalização e controle das atividades do sistema de consórcios são realizados pelo Banco Central do Brasil.
Quem representa o Grupo para defesa de seus direitos e interesses?
O Grupo é representado pela Administradora, ativa ou passivamente, em juízo ou fora dele, para a defesa dos direitos coletivos dos Consorciados, devendo sempre prevalecer os interesses do Grupo sobre todos os interesses individuais dos Consorciados.
Qual é o principal requisito para que o Grupo seja constituído?
A viabilidade econômico-financeira do Grupo de Consórcio pressupõe a existência de recursos suficientes, na data da primeira assembleia geral ordinária, para a realização do número de contemplações por sorteio previsto contratualmente para o período, considerados os créditos de maior valor do Grupo.
Como é constituído um Grupo?
Cada cota adquirida chega ao Consórcio Honda para ser incluída em um Grupo. A quantidade máxima de cotas em um Grupo é o resultado da multiplicação do prazo do plano adquirido pela quantidade de contemplações mensais previstas, ou seja, se você adquiriu uma cota de consórcio no prazo de 50 meses e a quantidade de contemplações previstas por mês é de quatro bens, o seu grupo terá 200 participantes. Desde que observados os interesses coletivamente considerados, o Grupo será constituído para aquisição de mais de um modelo de automóvel ou motocicleta, todos da marca Honda, com valores diferentes, respeitado o limite percentual de 50% (cinqüenta por cento) entre o valor do bem de maior valor em relação ao de menor valor.
Existe prazo para formação do Grupo?
Sim. Cada cota deverá ser agrupada no prazo de até 90 dias a contar do primeiro dia útil após a data da assinatura da Proposta de Adesão a Grupo de Consórcio. No caso de o Grupo não ser constituído neste prazo, o Consórcio Nacional Honda devolverá aos consumidores os valores pagos.
O que vou receber após a formação do Grupo?
Após a formação do seu grupo, você receberá um SMS contendo o seu código de acesso (grupo/cota e rd), o qual deve ser utilizado para entrar em contato com a Central de Atendimento pelo telefone (11) 2172-7007, que funciona de segunda a sexta-feira, das 08h às 20 horas e aos sábados, das 09h às 15 horas (horário de Brasília), como também para verificar o andamento do seu Plano de Consórcio em sua Concessionária Honda ou também por meio deste site. Mensalmente, o Consórcio Honda lhe enviará o slip (boleto bancário) para pagamento da sua parcela de Consórcio. Neste slip também serão inseridas informações importantes sobre o andamento de seu Grupo.
Posso transferir a minha cota?
Sim, você poderá transferir seus direitos, deveres e obrigações a outra pessoa durante o Plano de Consórcio mediante anuência prévia do Consórcio Nacional Honda. Para que a transferência ocorra, você deverá estar com o pagamento das parcelas em dia e preencher o termo de cessão e transferência de cota. Para obter maiores informações, compareça a Concessionária Honda mais próxima.
Já quitei o Consórcio, como faço para desalienar o bem?
Após a quitação total do Consórcio, o CNH realizará a desalienação do bem automaticamente, no prazo de cinco dias úteis da data da assembleia que ocorrerá após o pagamento de quitação.
Se minha cota for cancelada, gostaria de saber como faço para reativá-la?
Para verificar a possibilidade de reativação da cota, você deverá entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente, através do telefone (11) 2172-7007, de segunda a sexta-feira, das 8 às 20 horas, e aos sábados, das 9h às 15h (horário de Brasília), ou comparecer à sua Concessionária Honda. Se a cota não foi reposta, a Central de Atendimento poderá reativar a cota até 30 dias antes da última assembleia do grupo.
É possível realizar a mudança de modelo do bem?
O Consorciado não contemplado poderá, em uma única oportunidade, solicitar a mudança do bem base do plano referenciado na proposta de adesão por outro de mesma categoria, observado que o valor do bem substituto estará limitado ao valor dos bens de menor e maior valor já existentes no seu Grupo de Consórcio.

Para efetivar a substituição, o Consorciado deverá, ainda, concordar com as providências informadas a seguir:

  • Se o bem solicitado for de valor maior em relação ao valor do bem base do plano, a diferença gerada deverá ser quitada através de boleto bancário emitido pela Concessionária Honda conveniada, até o seu vencimento; ou

  • Se o bem solicitado for de valor menor em relação ao valor do bem base do plano, a diferença paga a maior será considerada pagamento antecipado das prestações mensais vincendas, na ordem inversa a contar da última.

  • Você pode efetuar uma simulação antes da efetivação. Para tanto, basta que você compareça à Concessionária Honda mais próxima.
    Posso substituir o bem alienado (alienação fiduciária) por outro?
    Sim, você poderá substituir o bem alienado por outro de seu interesse, novo ou usado, com até três anos de uso (considerando o ano da fabricação), de valor igual ou superior ao saldo devedor. Ademais, você deverá cumprir as seguintes exigências:

  • O bem poderá ser novo ou usado, desde que tenha até 3 (três) anos de uso, considerando o ano de fabricação;

  • Apresentar certidão negativa de roubo, furto e multas;

  • Apresentar certificado de garantia de motor e câmbio de, no mínimo, três meses, emitido por concessionária da marca;

  • Carta de avaliação do bem, expedidos pela concessionária da marca; e

  • Certificado de Registro do Veículo (CRV) em nome do vendedor, com as informações relativas à venda preenchidas e com firma reconhecida.

  • Os formulários para substituição do bem alienado (alienação fiduciária) deverão ser preenchidos na Concessionária Honda mais próxima.
    Ao ser formado o grupo de consórcio do Consórcio Honda, o Consorciado possui alguma espécie de seguro?
    Sim, possui seguro de vida quando contratado.

    O seguro de vida - prestamista tem a finalidade de cobertura das parcelas vincendas em caso de óbito ou invalidez permanente do aderente.
    Qual a diferença entre o Plano de Consórcio e o plano de financiamento?
    No Plano de Consórcio não são cobrados juros sobre o valor do bem, mas apenas um acréscimo relativo à taxa de administração, fundo de reserva e seguro. No financiamento, você pode comprar o bem assim que for aprovado o seu crédito.

    A contemplação é a atribuição do crédito ao Consorciado para a aquisição de bem ou serviço, bem como para a restituição das parcelas pagas, no caso dos Consorciados excluídos. A contemplação ocorre por meio de sorteio ou de lance, sendo que a contemplação por lance é exclusiva para os Consorciados ativos e é atribuída somente ao lance vencedor. Será considerado lance vencedor aquele em que a oferta do lance representar o maior percentual em relação ao valor do bem.

    Sendo contemplado, o Consorciado ativo deverá dar entrada no processo de contemplação junto a sua Concessionária Honda ou outro fornecedor de seu interesse. O Consorciado excluído que for sorteado na assembleia geral também deverá dar entrada numa solicitação formal junto a sua Concessionária Honda, a fim de receber os valores a que tem direito da forma que lhe for mais conveniente. O Consórcio Nacional Honda comunicará o resultado da assembleia aos Consorciados contemplados através de carta, disponibilizará essas informações na Central de Atendimento ao Cliente, no site www.consorcionacionalhonda.com.br e também nas Concessionárias Honda no dia imediatamente seguinte à data da realização da assembleia.
    Posso desistir do meu plano?
    Sim, a qualquer momento, porém a desistência somente poderá ocorrer antes da contemplação. A desistência poderá ser formalizada expressamente através de carta enviada ao CNH ou poderá ocorrer automaticamente após o acúmulo de três parcelas em atraso. Após consumada a desistência, o consorciado passa à condição de Consorciado excluído e concorrerá à contemplação através de sorteio realizado nas assembleias do Grupo. Ao ser sorteado, o Consorciado excluído receberá os valores a que tem direito.
    O que é Contemplação?
    A contemplação é a atribuição ao Consorciado ativo do crédito para aquisição do bem, da mesma categoria à qual a cota esteja referenciada e para a restituição das parcelas pagas aos Consorciados excluídos (a restituição aos excluídos por contemplação somente é aplicável aos grupos formados após 06 de fevereiro de 2009). A contemplação é realizada exclusivamente através de sorteios e lances. O consorciado excluído somente concorre à contemplação por sorteio.
    Quais as formas de contemplação?
    Somente existem duas formas de contemplação: por sorteio ou por lance. A quitação antecipada do plano não dá direito à contemplação.
    Como é realizado o Sorteio?
    Através do 1º prêmio da extração da Loteria Federal que antecede a data da assembleia, é realizado sempre o mesmo cálculo para determinação da cota contemplada.
    É possível pedir a exclusão da participação por sorteio?
    Não é possível, pois ao pagar as parcelas regularmente até a data do vencimento, a participação nos sorteios será automática e obrigatória para as cotas ainda não contempladas. Porém, após a contemplação você poderá pedir a desclassificação da cota e voltar a concorrer normalmente aos sorteios ou ofertar lances.
    Como é calculada a oferta de lance?
    O valor do lance corresponderá ao percentual calculado sobre o valor do bem + taxa de administração + fundo de reserva. O valor a ser ofertado como lance é de livre escolha do Consorciado, podendo variar entre o valor mínimo, que é de 1º parcela, até o valor máximo, que é o correspondente ao valor para quitação do Plano de Consórcio.
    Como faço para ofertar o meu lance?
    Você pode efetuar lances:

  • Diretamente em uma Concessionária Honda;

  • Por meio da Central de Atendimento ao Cliente, pelo telefone (11) 2172-7007, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h e aos sábados, das 9h às 15h (horário de Brasília); ou

  • Pelo site: www.consorcionacionalhonda.com.br, acessando Serviços Online, no Menu “Assembleia” clicar na opção "Oferta de Lance”.

  • Para grupos exclusivos, o horário limite que o sistema permite a inclusão do lance é até às 10h30 do dia da assembleia. Já para grupos pool, o horário limite é até às 13h30 do dia da assembleia.
    Posso efetuar o pagamento do lance com um bem usado?
    Quando contemplado por lance, o Consorciado tem o prazo de 7 dias úteis (dependendo da série da Proposta de Adesão Grupo de Consórcio) para efetuar o pagamento, que deverá ser realizado mediante slip (boleto) específico para o pagamento do lance. Este poderá ser obtido na sua Concessionária Honda ou pela Central de Atendimento ao Cliente do CNH, pelo telefone (11) 2172-7007, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h e, aos sábados, das 9h às 15h (horário de Brasília).
    E se meu lance for vencedor?
    Caso a cota seja contemplada por lance, o pagamento deverá ser efetuado em até 7 dias úteis da data da contemplação, dependendo do Grupo e do prazo que estiver especificado na Proposta de Adesão a Grupo de Consórcio. Compareça à sua Concessionária Honda para retirar o slip (boleto) para pagamento do lance ou imprima o slip diretamente pelo site www.consorcionacionalhonda.com.br
    E se houver empate de lance?
    Será contemplada a cota mais próxima da cota sorteada.
    Após a contemplação, posso adquirir um bem usado?
    Sim. Você poderá optar por um bem usado com até três anos de uso (incluindo o ano de fabricação), apresentando as garantias exigidas pelo Consórcio Nacional Honda.
    Após a contemplação, quais documentos serão exigidos?
    Para formalizar o processo de contemplação é exigida a apresentação dos seguintes documentos originais na Concessionária Honda ou no fornecedor escolhido por você: CPF, RG, comprovante de residência e comprovante de renda.
    Posso comprar um bem de valor menor ou maior que o crédito?
    Sim, se o bem que você for comprar possuir o valor menor que o de seu crédito, a diferença será utilizada para quitar as prestações a vencer, sempre na ordem inversa dos pagamentos, ou seja, a partir da quitação das últimas parcelas.
    Posso receber o valor do meu crédito em dinheiro?
    Para receber o crédito em dinheiro, a cota deverá estar quitada e contemplada, sendo que os valores ficarão disponíveis após 180 dias contados da data da contemplação ou 60 dias após a realização da última assembleia do Grupo.
    Como faço para retirar o bem?
    A retirada do bem ocorre após a contemplação. Para recebê-lo, você deverá comprovar ter renda mensal superior a 3 (três) vezes o valor da parcela; e não ter restrição no seu nome junto aos órgãos de proteção ao crédito (ou seja, deve ter o seu nome limpo). Caso você não tenha mais a renda que tinha na aquisição do consórcio ou tenha alguma restrição no seu nome, e não consiga retirá-la, você deverá apresentar um fiador. Este fiador deverá ter o nome limpo, e comprovar renda mínima mensal igual a exigida do consorciado.
    O que é fundo de reserva?
    Fundo de reserva é um percentual mensal cobrado sobre o valor do bem, para compor um fundo financeiro do Grupo que poderá ser utilizado para situações contratualmente previstas. Entre as hipóteses de utilização do fundo reserva, destacam-se: cobrir eventuais insuficiências de recursos do fundo comum; cobrir despesas decorrentes de eventuais demandas judiciais e extrajudiciais propostas por Consorciados ou por terceiros; cobrir eventuais insuficiências de valores relativos ao prêmio de seguro de vida - prestamista e quebra de garantia face a possível majoração no risco da cobertura; cobrir eventuais insuficiências de cobertura de sinistro de seguro de vida - prestamista e quebra de garantia originadas pelo inadimplemento total ou parcial dos participantes; cobrir despesas de impostos e tributos vigentes e também as concernentes aos porventura criados relativos à movimentação financeira ou com conotação assemelhada; cobrir despesas bancárias de responsabilidade exclusiva do Grupo; quitar débito de Consorciado inadimplente, após esgotados todos os meios de cobrança; contemplação, por sorteio, desde que não comprometida a utilização do fundo de reserva para as demais finalidades previstas no contrato. Havendo saldo remanescente do fundo de reserva, o valor será devolvido no final do Grupo aos Consorciados, proporcionalmente à contribuição de cada Consorciado.
    Como faço para receber o meu fundo de reserva?
    O fundo de reserva estará disponível (descontados os valores que tiverem sido utilizados durante a vigência do seu Plano de Consórcio) após transcorridos 60 dias da data da última assembleia do Grupo. Nesta fase, o Consórcio Nacional Honda (CNH) disponibilizará os valores de direito de cada Consorciado através de crédito em conta corrente (desde que este tenha sido informada previamente pelo Consorciado). Após o crédito, o CNH comunica aos Consorciados, através de correspondência, especificando o valor a que têm direito e a data do depósito. Caso o consorciado receba comunicado sobre o fundo de reserva solicitando dados bancários para realização do depósito, o Consorciado deverá preencher todos os dados solicitados e remeter o formulário ao Consórcio Nacional Honda via Correio ou entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente do CNH, pelo telefone (11) 2172-7007, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h e, aos sábados, das 9h às 15 h (Horário de Brasília). Ao contatar a Central de Atendimento ao Cliente do CNH tenha sempre em mãos o seu código de acesso, que é formado pelo número do seu grupo/cota e rd, além do número do seu CPF e dos seus dados Bancários. Vale lembrar que o Consorciado tem o dever de manter todas as suas informações cadastrais e bancárias atualizadas perante o CNH durante todo o prazo de duração do seu Grupo.

    Obs.: Para sua segurança, informamos que o CNH não solicita informações por e-mail e nem acata solicitações para devolução de valores através de e-mail e fax.
    Tenho uma cota cancelada, gostaria de saber como faço para receber a devolução dos valores pagos?
    Para grupos formados antes de 06 de fevereiro de 2009, a restituição dos valores pagos para os Consorciados que foram excluídos do Grupo, será efetuada 60 dias após a última assembleia.

    Nesta fase, o Consórcio Nacional Honda efetuará a devolução de valores em conta corrente indicada pelo Consorciado, desde que seja ele o titular da conta.

    Ao receber o comunicado sobre os valores que lhe serão restituídos, o Consorciado deverá preencher todos os dados solicitados e remeter o formulário ao Consórcio Nacional Honda via Correio ou entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente do CNH, pelo telefone (11) 2172-7007, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h e, aos sábados, das 9h às 15h. (Horário de Brasília).

    Para grupos formados após 06 de fevereiro de 2009, a devolução dos valores aos Consorciados excluídos ocorrerá quando a cota for sorteada (mesmo critério para cotas ativas). Assim que a sua cota for sorteada, você passará a ter direito de restituição imediata dos valores disponíveis. Este será depositado na sua conta corrente.

    Ao contatar a Central de Atendimento ao Cliente do CNH tenha sempre em mãos o seu código de acesso, que é formado pelo número do seu grupo/cota e rd, além do número do seu CPF e dos seus dados Bancários.

    Vale lembrar que o Consorciado tem o dever de manter todas as suas informações cadastrais e bancárias atualizadas perante o CNH durante todo o prazo de duração do seu Grupo.

    Obs.: Para sua segurança, informamos que o CNH não solicita informações por e-mail e nem acata solicitações para devolução de valores por e-mail e fax.
    Proposta de Adesão a Grupo e Consórcio
    Documento no qual consta o regulamento de funcionamento do Grupo de Consórcio ao qual você está aderindo. Ao assinar a Proposta, o interessado formaliza sua anuência às disposições contratuais e manifesta expressamente sua intenção de ingressar em Grupo do Consórcio Nacional Honda.
    Administradora de Consórcios
    Pessoa jurídica prestadora de serviços voltados à administração de Grupos de Consórcio, que deve ser autorizada pelo Banco Central do Brasil a formar Grupos e administrar os negócios e interesses dos Consorciados.
    Alienação Fiduciária
    A alienação fiduciária de coisas móveis constitui forma de garantia do pagamento de uma dívida. Transfere ao credor fiduciário (Administradora de Consórcio) o domínio e a posse indireta do bem, permanecendo o devedor fiduciante (Consorciado contemplado) com a posse direta. O domínio é transferido sob condição resolutiva, pois a propriedade é transferida apenas como garantia do pagamento.
    Assembleia Geral Extraordinária
    Assembleia Geral Extraordinária somente é realizada mediante convocação extraordinária do Grupo ou do Consórcio Nacional Honda para deliberar sobre questões excepcionais que não fazem parte das assembleias gerais ordinárias (assembleias mensais de contemplação).
    Assembleia Geral Ordinária
    É a reunião mensal, destinada à contemplação dos Consorciados, na forma estabelecida na Proposta de Adesão a Grupo de Consórcio, bem como, a prestação de informações relevantes para o Grupo.
    Autorização de Faturamento
    Documento expedido pelo Consórcio Nacional Honda, por solicitação do Consorciado contemplado, que permite a aquisição do bem a que a cota está referenciada.
    Consorciado
    Consorciado é a pessoa natural ou jurídica que integra o Grupo de Consórcio com o objetivo de comprar um bem e assume a obrigação de contribuir para o cumprimento integral dos objetivos do Grupo.
    Contemplação
    Podendo ocorrer por sorteio ou lance, é a atribuição ao Consorciado do direito de utilizar o crédito para compra do bem a que sua cota está referenciada, cujo valor será o vigente na data da assembleia correspondente à sua contemplação ou crédito a que tem direito se o Consorciado for excluído.
    Consorciado Contemplado
    Consorciado a quem, por sorteio ou lance, foi atribuído o direito de utilizar o crédito.
    Cota
    Cota é a parte que cabe a cada consorciado que participar de um grupo de consórcio. Para melhor identificação, cada Consorciado participante do Grupo recebe um número.
    Consorciado Excluído
    Consorciado não contemplado que solicita expressamente sua exclusão do Grupo ou que deixa de pagar quatro prestações, consecutivas ou alternadas.
    Fundo Comum
    Soma de importâncias recolhidas pelos participantes que se destinam às contemplações.
    Fundo de Reserva
    O fundo de reserva é a garantia da saúde financeira do Grupo. Corresponde a um percentual pago na parcela e que irá servir para cobertura de eventual insuficiência de receita para assembleias de contemplação; para reserva financeira caso ocorra alto nível de inadimplência no Grupo; para cobertura da devolução de valores aos Consorciados excluídos; para pagamento de eventual débito de Consorciado inadimplente, após esgotados todos os meios de cobrança. Cabe ressaltar também que a existência de eventual saldo do fundo de reserva, ao término da vigência do Grupo é dividido entre todos os participantes, na proporção de sua contribuição.
    Grupo
    Grupo de Consórcio é uma sociedade aberta constituída por Consorciados com a finalidade de propiciar a seus integrantes, de forma igualitária, a aquisição de bens ou serviços, por meio de autofinanciamento.
    Saldo Devedor
    É o total de valores que o consorciado tem em aberto, quer para com o grupo, quer para com o Consórcio Nacional Honda.
    Taxa de Administração
    É a remuneração paga pelo Consorciado ao Consórcio Nacional Honda como remuneração pelos serviços de formação, organização e administração do Grupo de consórcio até o encerramento deste.
    Tenho uma cota cancelada, gostaria de saber como faço para receber a devolução dos valores pagos?
    Para grupos formados antes de 06 de fevereiro de 2009, a restituição dos valores pagos para os Consorciados que foram excluídos do Grupo, será efetuada 60 dias após a última assembleia.

    Nesta fase, o Consórcio Nacional Honda efetuará a devolução de valores em conta corrente indicada pelo Consorciado, desde que seja ele o titular da conta.

    Ao receber o comunicado sobre os valores que lhe serão restituídos, o Consorciado deverá preencher todos os dados solicitados e remeter o formulário ao Consórcio Nacional Honda via Correio ou entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente do CNH, pelo telefone (11) 2172-7007, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h e, aos sábados, das 9h às 15h. (Horário de Brasília).

    Para grupos formados após 06 de fevereiro de 2009, a devolução dos valores aos Consorciados excluídos ocorrerá quando a cota for sorteada (mesmo critério para cotas ativas). Assim que a sua cota for sorteada, você passará a ter direito de restituição imediata dos valores disponíveis. Este será depositado na sua conta corrente.

    Ao contatar a Central de Atendimento ao Cliente do CNH tenha sempre em mãos o seu código de acesso, que é formado pelo número do seu grupo/cota e rd, além do número do seu CPF e dos seus dados Bancários.

    Vale lembrar que o Consorciado tem o dever de manter todas as suas informações cadastrais e bancárias atualizadas perante o CNH durante todo o prazo de duração do seu Grupo.

    Obs.: Para sua segurança, informamos que o CNH não solicita informações por e-mail e nem acata solicitações para devolução de valores por e-mail e fax.
    Para quem vale a nova Lei?
    A lei é aplicável apenas aos grupos formados a partir de 06/02/2009.
    Cliente cancelado ou desistente pode solicitar a devolução dos valores antes do encerramento do grupo?
    A regra para devolução de recursos antes do encerramento do grupo para os clientes excluídos (cota desistente ou cancelada) está condicionada a contemplação por sorteio e tem validade para os grupos formados a partir de 06/02/2009. Para os grupos formados até 05/02/2009 vale a regra anterior, ou seja, a devolução ocorrerá somente após 60 dias da última assembléia de contemplação do grupo.
    Cliente ativo que solicitar cancelamento da cota terá direito a restituição dos valores pagos de imediato?
    Não. No sistema de consórcios não existe esta previsão, nem na antiga e sequer na nova regra.
    Cliente ativo pode utilizar o FGTS para ofertar um lance?
    A utilização do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) é exclusiva para consórcios para aquisição de bens imóveis, não sendo possível utilizar os recursos do referido Fundo através do Consórcio Nacional Honda, uma vez que este trabalha exclusivamente com a formação de crédito para aquisição de automóveis, motocicletas, quadriciclos e produtos de força (motores de popa, roçadeiras e geradores da marca Honda).
    Cliente ativo pode utilizar carta de crédito para quitação de financiamento?
    Para consorciados dos grupos formados a partir de 06/02/09, poderá ser utilizada a carta de crédito para quitação de financiamento.
    Se a cota sorteada já estiver contemplada permanece a regra de sorteio da cota mais próxima?
    Se a cota sorteada já estiver contemplada (cota ativa e excluídos), permanece a regra de sorteio da cota mais próxima.
    O consorciado contemplado cuja cota estiver quitada pode receber os valores em numerários?
    Se a cota estiver quitada o consorciado poderá receber os valores em numerário após 180 dias contados a partir da contemplação ou em 60 dias após o término do grupo, o que ocorrer primeiro.
    O crédito oriundo da contemplação pode ser utilizado para quitação de mais de um financiamento bancário?
    Em qualquer hipótese, mesmo se a cota estiver quitada, somente poderá quitar 01 (um) financiamento bancário.
    O consorciado inadimplente que não foi excluído participa dos sorteios?
    O consorciado que estiver inadimplente não participa dos sorteios, somente participam do sorteio os consorciados ativos e excluídos.
    Gerenciamento de Risco Socioambiental
    A gestão de risco socioambiental é concebida na premissa que o risco socioambiental é a possibilidade de ocorrência de perdas oriundas de danos socioambientais. Em seu gerenciamento deve ser considerado: sistemas, rotinas, procedimentos, novas modalidades de produtos ou serviços, entre outros exemplos.

    No Banco Honda a gestão do risco socioambiental é de responsabilidade da diretoria e foi estruturada com base nos conceitos da Resolução Nº 4.327 de Abril de 2014.

    A estrutura de Gerenciamento do Risco Socioambiental é a seguinte:



    As responsabilidades estão definidas da seguinte forma:

    Comitê de Risco:
    Aprovar Política para Gerenciamento do Risco Socioambiental;
    Avaliar a efetividade das ações implementadas;
    Monitorar o cumprimento das ações estabelecidas na PRSA.

    Diretor Responsável:
    Aprovar e revisar anualmente a Política de Gestão do Risco Socioambiental (GRS);
    pelas informações divulgadas.

    Departamento de Compliance e Riscos:
    Análise (sob demanda) dos clientes com eventual risco socioambiental;
    Controle do prazo de respostas aos órgãos solicitantes;
    Participação em Fóruns de Discussão sobre Sustentabilidade;
    Identificação da necessidade de revisão da política e dos procedimentos.


    Desenvolvido por Govoni Soluções Digitais